segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Evãgélico mático

O problema do evãgélico é ele ser muito concreto.
Dois e dois é sempre quatro e ponto final.
Um dízimo vale mais que um terço: mate-mático.

Não gosta de brincar nem de imaginar.
Ou se é sério, ou não se edifica.
Pecou tem que pagar.
Nem ajoelhou, mas já tem que rezar.
Ouviu um problema e já tem que compartilhar.
Nunca viu nem ouviu a pessoa, mas já sabe o seu problema.
Contundente, sua palavra é uma espada: trau-mático.
Tudo que não contem o seu pensamento é vazio.
Todo vazio é sem sentido.
Solta os cachorros nos contras: dog-mático.

Maria foi só a mãe de Jesus, já morreu e ponto final.
Um santo é só uma estátua e ponto final.
Para ele, aliás, a frase deve terminar em ponto-final.
Reticências e interrogação, ou é do inimigo, ou é dos fracos.

Procissão é uma bobagem.
Um rito é só uma cena inútil.
O mito, o protagonista ignóbil.
Aliás, uma coisa, ou é do bem ou é do mal.
Um teólogo é um frio.
Nada é mais do que está escrito no rótulo.

A imagem é mais cara que a mensagem: caris-mático.
Um homem-de-Deus vale mais que um homem.
Uma mulher-de-Deus, ou é também de-pastor, ou é profetiza.
Em todo caso, vale mais que uma mulher.
Uma Bíblia aberta vale mais que uma fechada.
Uma Bíblia fechada vale mais que um romance
e um romance vale mais que uma camisinha usada.
A palavra do pastor vale mais que uma Bíblia aberta,
aliás, para todo tema tem um sermão: te-mático.

Fantasia é do diabo.
Razão é de Deus.
Sonho pode ser dos dois.
Dúvida é fraqueza.
Certeza é poder.
Sofrer ou é plano ou é pecado.
Transfere para o corpo o que não resolve em si: so-mático.

Buda é só um gordinho sentado.
Francisco é um pobre coitado.
São Jorge, ou é quadro, ou é parque.
Uma pedra é só uma pedra...
Se estiver no meio do caminho é provação.

Mas uma praga pode ser útil: prag-mático.

3 comentários:

Anônimo disse...

olha tonioli,
mais uma vez magavilha!
eu deveria sentir muito por todo o contexto,
mas é sinto-mático.

joão ali

wilson tonioli disse...

capitei ali. ótimo.
mas não desanime, faça como eu, nunca se deixe levar...
A não ser por cada amigo segurando uma alça.

Alice disse...

Cara... vc é d-mais!!
Grande e verdadeiro texto !

abraços