quarta-feira, 16 de junho de 2010

Breve Golssário do Futebol Para Mulheres (1)

O Verticontes resolveu criar um Glossário, ou melhor, um Golssário do futebol para aquelas mulheres que só acompanham futebol na Copa do Mundo.
O editor lembra que a linguagem utilizada parte do universo feminino, com seus interesses e representações,logo, os homens que tiverem acesso a esse manual, poderão ficar sem entender uma ou outra explicação, mas com certeza, terão de dar menos explicações durante as partidas.

Gol : Palavra dúbia. Objeto e objetivo ao mesmo tempo. Mais ou menos quando você diz pra si mesma com emoção “Yes!”; você disse a palavra sim, mas ao mesmo tempo “consegui!”.
Gol é aquele quadrado formado por duas traves e uma haste superior em madeiras roliças pintadas de branco, lembrando um de seus porta-retratos, e que se prende a ele um véu de rede de nylon perfeitamente ajustado e fixado à madeira e ao chão. Porém, você não pode gritar “gol!” toda vez que olha para essa figura. O grito de “Gol!” paradoxalmente acontece justamente quando esse espaço, tão reverenciado e protegido é penetrado pela bola (veja explicação de "bola" em post posterior). Entenda-se por “penetrado” o exato instante em que ela transpõe inteiramente a linha branca pintada no chão que liga uma trave a outra, distancia essa mais ou menos a de três sofás de três lugares. Porque há tanta fúria, paixão e comoção nesse momento para o sexo masculino é bem difícil explicar, mas é para um macho adulto como uma afirmação de poder sobre outro bando ou indivíduo. Poderíamos comparar esse momento com um orgasmo, se ficar mais fácil para vocês entenderem, porém com o devido cuidado da diferenciação dos gêneros: para ele pode acontecer precocemente, logo que começa o jogo, mas o que geralmente ocasiona uma perda na concentração e faz com que o adversário parta pra cima. Para ela dificilmente o “gol” ocorre no início da peleja; elas preferem tocar a bola e impor seu ritmo sobre o adversário para só nos acréscimos atingirem sua meta.
Se vocês pensaram “puxa, os jogos deveriam sempre terminar empatados 1x1, 2x2, 3x3!”; sim, vocês entenderam, mas isso serve para o relacionamento a dois... Só que no futebol mesmo não é assim tá? Nós nos propomos a explicar o “gol” em si e não as virtudes de uma partida de futebol.

5 comentários:

Rubinho Osório disse...

Impagável, impublicável, orgásmico impressionante, "hiMlário", imprescindível, magnífico, fabuloso, sexy, útil e... um gol!!!

wilson tonioli disse...

OI R.OSÓRIO,

caramba! depois dessa jogada só faltava você "concluir pra fora"...

gde abço (com camisa, pra nao levar amarelo)

Anônimo disse...

Essa voce se superou. EU NÃO ACREDITO O QUE LI NESTE POST!!
UMA INDIGNADA!

wilson tonioli disse...

Oi indignada.
Por que voce não acredita o que leu neste post? Dei alguma bola fora?
bj e obg

Ana Rosa disse...

Gente, entendi TUDO!! Muito obrigada!!

kkkkkkkkkkkkkkkkk....