sábado, 24 de novembro de 2012

Quilombola pra frente!


Os técnicos chamam de grupos étnicos vulnerabilizados, mas pra mim é gente esquecida mesmo. Uma comunidade quilombola, (descendentes dos quilombos) em Santana do Mundaú, Alagoas.
Aí é o Dr. Tinho dando uma "palhestra"; besta que foi, mas ajudou.
Tenho uma compreensão meio torta e tonta das coisas... pra mim estas crianças acreditam mesmo que são felizes por causa exatamente das muitas coisas que lhes falta. A tristeza passa existir na consciência da carência.

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

quarta-feira, 7 de novembro de 2012