quarta-feira, 28 de julho de 2010

terça-feira, 27 de julho de 2010

Não coloque o nariz se não for chamado


Porque ser Palhaço é meter o nariz onde foi chamado.
Se te oferecerem um nariz vermelho para protestar sobre algo, não aceite, ele não se presta a isso. O Palhaço é tonto, mas não é um otário.
A idéia de que Palhaço é aquele ser besta que vive sendo passado para trás, vem do mesmo depositário de idéias daqueles que olham, mas não vêem, atropelam, mas não tocam.
Nariz de Palhaço pode protestar sim, mas só quando houver um Palhaço apontando-o. Aliás, o Palhaço está protestando sempre, contra as desgraças das mentiras aceitas e o cinismo das verdades inclementes.
Podem chamar isso de corpalhativismo(1), pois já me cansa ver nos movimentos de cidadania o nosso nariz bananalizado(2) nos rostos de cidadãos com muita indignação, contudo sem a paixão do Palhaço. Nariz vermelho não reage com raiva ou rancor, reage com graça e amor. O Palhaço não força uma subversão, ele é a subversão.
Não use de um nariz para se fazer de bobo, mas use da coragem para se fazer de bobo. O nariz vem anexo a ela. Coloque o nariz sim, mas como rito de um grito silencioso. Coloque o nariz sim, que é o feitiço para também se colocar outras línguas, outros ouvidos, outros olhos. Coloque o nariz sim, com cuidado, sem ninguém estar vendo. Ele te deixa com a cara erguida. Ele te expõe e te protege. Ele te faz sentir o aroma que exala da graça dos erros, lapsos e absurdos.

Glossário:
1. Corpalhativismo: (des)Organização de Palhaço que defende Palhaço.
2. Bananalizado: Tornado a preço de banana aquilo que é muito caro.

segunda-feira, 19 de julho de 2010

ENENEM (3) - Nomes

Vamos lá para mais um,
Exame Nacional Evangélico Neófito de Ensino Medíocre

1. Abandonou Paulo por ocasião da última prisão do apóstolo:

a) Figelo
b) Fineve
c) Fisereno-da-madrugada
d) Fiiceberg

2. Um dos filhos de Arão e Eliseba; pai de Finéias:

a) Eleazar
b) Elesorte
c) Elebingo
d) Mick Jagger

3. Reinou de 37 a 44 A.D. Matou Tiago, irmão de João; morreu comido de vermes:

a) Herodes Engripa
b) Herodes Agripa
c) Herodes Trava
d) Herodes Nega-Fogo-Na-Hora-Agá

4. Pai de dois valentes de Davi:

a) Elsiim
b) Elnaão
c) Eltaalvez
d) Elvoou-Consultar-o-Polvo

5. Macedônio, companheiro de Paulo:

a) Gaio
b) Foia
c) Carvaio
d) Nos-gaio-seco-de-uma-ávore-quaquer

6. Primeiro acampamento de Israel depois de passar o Jordão:

a) Chicobethania
b) Tomsandy
c) Gilgal
d) Djavangélico

7. Um dos filhos de Jafé:

a) Gomer
b) Gagar
c) Guspir
d) Guzinhar-o-calo

8. Irmã de Gileade:

a) Hamolequete
b) Ah moleque!
c) Hapentelho
d) Ha-essesmoços-pobresmoços

9. Filho de Cão e neto de Noé:

a) Vaque
b) Pute
c) Prostitute
d) Mulhé-da-vide

10. Filho de Cão e neto de Noé:

a) Segundão
b) Tempão
c) Horão
d) Pressão-é-inimigão-da-perfeição

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Crentes Copa do Mundo 2010

Crente vuvuzela: tem a boca grande, mas depende do outro para se expressar.

Crente vuvuzela2: é insuportável, mas aceito nos grandes grupos.

Crente jabulani: traiçoeiro quando alguém lhe bate com força.

Crente Mick Jagger: lider de Banda, mas fora dela dá um azar danado.

Crente Felipe Melo: é luterano e vive declarando “Sola Scriptura, Sola Gratia; Sola Fide, Sola, Sola, Sola!"

Crente Dunga: só trabalha com evangélicos.

Crente Polvo Paul: vive de apontar vitórias; gesticula tanto que parece ter oito braços; é pegajoso e afirma que sua voz é a voz de Deus.

Crente Maradona: beija tudo que é irmão, pois sabe que um dia voltará ao pó.

Crente Ganso: tem muito talento, mas não tem chamado.

Crente Larissa Riquelme: tem peito prá crer no impossível.

quarta-feira, 14 de julho de 2010

quinta-feira, 8 de julho de 2010

quarta-feira, 7 de julho de 2010

segunda-feira, 5 de julho de 2010

A Internet no Velho Testamento (4)


Clique na imagem para ampliar (seu tempo perdido)

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Kaká x Kfkf

Kaká x Kfouri, que coisa chata! É como dois times que jogam pra empatar. Só que neste caso os dois jogam pra ganhar. E pior, a torcida vibra. Em maior numero nas arquibancadas, de Bíblia, faixas e sentimento de liberdade nas mãos, estão os evangélicos – costumo dizer “evãgélicos”, mas nesse estádio entram também os “Evangélicos”. Em casa com o rádio ligado e jornal na mão estão os ateus, não tão eufóricos, mas encomodados.
Kaká x Kfkf é jogo/luta que, como na antiguidade, serviria para poupar os demais soldados da batalha e subjugar o povo do representante derrotado ao do vencedor.
Pena, mas aqui não é assim. Um acredita que não é por força nem por violência, mas pelo espírito do poder da palavra vitoriosa e indefectível. Outro acredita - quer dizer, não acredita – leciona a doutrina do poder de não acreditar. Parece besta, mas têm conseguido muitos fieis, não por valores que constroem, mas justamente por valores que os crentes pregam e se encarregam em demolir.
Pela tabela de classificação, os ateus são os adversários da vez dos evangélicos canarinhos. Com estes já cruzaram a Igreja Católica, os espíritas, o PT... Sei lá quem ganhou; só sei que os canários do reino que cantam em qualquer lugar, ainda estão no campeonato. E gostam tanto da disputa que, se já não houver adversários para se jogar contra, jogarão entre si: Evãgélicos x Evangélicos. Um time tira a camisa, quer dizer, o manto e jabulani pra frente! Jabulani não, que é nome afro-pagão e que significa “aquela que engana”. Bola pra frente (e pra trás) é melhor.

Não sou crente nem ateu. Sou creneu. Creio em tudo com uma insegurança danada e descreio de tudo com muita fé. Mas amo a vida e amo a morte, amo a ressurreição e amo a cruz.
Depois dessas divagações, que me é comum fazer esse tipo de cera, voltemos ao jogo Kaká x Kfkf. Seria engraçado, ou desgraçado ver, se ao término da grande partida fossem os dois para seus respectivos vestiários e percebessem que na verdade o túnel dos dois acaba no mesmo lugar e, pelados, tomariam banho juntos, compartilhando o mesmo sabonete...
Por enquanto fico por aqui, desabafando: Assistir esse jogo é um pé-no-saco; pé-no-sacro!