sábado, 29 de agosto de 2009

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Tutorial - como transformar alegria em desgosto


Melhor seria você não ir até o fim. Pensei numa homenagem e terminei em sacanagem.

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Nicinha e a Casa da Bíblia Aberta (da série, Animais Especiais)

Nicinha se converteu ao Cristianismo de tanto ler o Salmo 91. Não conseguiu ler outras coisas de tão fraquinha que era. Só sua predestinação lhe valia e lhe valeu.
O salmo 91 é aquele exposto em Bíblias abertas nos diversos estabelecimentos, comércio, hotéis, padarias, escolas e até nas próprias capelas. Não se sabe quem começou com isso, de achar que o Salmo 91 trás um tipo de proteção ou sorte. Junto com ele ficam estampados também o 90, que diz da transitoriedade do homem, como ele vira pó de uma hora para outra, e isso e aquilo... Quem sabe o primeiro sujeito que deixou a Bíblia aberta assim, queria exatamente lembrar-se disso, então alguém leu o 91, achou lindo e passou-se a tradição.
Voltando à Nicinha, ela morava em uma dessas casas, de Bíblia aberta no Salmo 91. Já quando leu a primeira vez, achou muito interessante, pois tinha muito a ver com ela aquelas palavras: vivia em “esconderijos” e gostava de “sombra” também.
Tinha inimigos, assim como o escritor. Alguns predadores da vida, que se ela desse moleza, a devorariam. Sentia-se segura ali, na casa da Bíblia aberta, pois como dizia um dos versos, já vira muitos “caírem” do seu lado e ela ali mantinha sua integridade física.
Não quis nem saber, com interpretação literal, neófito que era fez do “Altíssimo a sua morada”. “Praga nenhuma chegará aqui”, repetia. Mas não entendia muito bem as palavras, embora se sentisse bem e segura. Parecia que faltava alguma coisa.
Foi quando, ela não sabe direito como, se um vento ou alguém fazendo uma faxina pra valer, viraram as páginas da Bíblia. De Salmos foi parar lá no Novo Testamento, Evangelho de João. Mais de mil anos em questão de segundos. Ela se incomodou a princípio, pois teve que se refazer, quase mesmo se perdeu. Mas foi retomando a sua vida, agora com novas coisas para ler. E foi se deslumbrando com as novas coisas que lia. O Salmo que ela já conhecia de cor, ganhava mais sentido e percebeu que não precisava ficar presa num poema para ter segurança. Viu um Cristo. Viu como um cisco seus problemas. Quando nervosa, não subia mais pelas paredes. Confessou seus venenos...
Virou evangelista. Não escapou ninguém naquela casa que não caísse nas suas teias. Paralisados ficavam ao ouvi-la. Edificou sua morada na própria Palavra. Palavra de João, e na página da crucificação, fez seu habitat. Até que um dia alguém da casa resolveu pegar a Bíblia, ou para tirá-la dali, ou para limpá-la, ou para reavivar o Salmo 91, ou sabe-se lá por quantos motivos alguém pega uma Bíblia, mas a verdade é que a vida de Nicinha, a aranhazinha, acabou-se ali, num estampido, esmagada entre as páginas de São João...

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Atitude evãgélica

Clique para ampliar, depois lave bem o mouse.

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Um palíndromo


Ó, DANE-SE SENADO!

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

E o canudo vai para...

Sei que vocês estão acostumados a ver montagens por aqui, mas isso aí não é.
Isso é o "Diploma de dizimista" de Edson Luiz de Melo, ex-zelador, de 45 anos, em Belo Horizonte, Minas Gerais, terça-feira (11). Dulce Conceição de Melo, de 65 anos, mãe de Edson, entrou com a ação na Justiça contra a Igreja Universal do Reino de Deus por prejuízo de R$ 55 mil. Ela teve que pedir a interdição civil do filho para impedir que o prejuízo fosse maior e que ele desse mais dinheiro à igreja. Dulce conta que por causa da igreja o filho teve até que ser internado. Líderes da Igreja Universal do Reino de Deus estão sendo investigados por lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.

fonte : uol

domingo, 9 de agosto de 2009

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Por que?

Por que você não quer mais ir à igreja?
Por que você não quer mais adoecer?
Por que você não quer mais ouvir coisas sem poder responder?
Por que você não quer mais deixar de rir?
Por que você não quer mais ter um estigma?
Por que você não quer mais ser um hipócrita?
Por que você não quer mais fingir que ama?
Por que você não quer mais fingir que é santo?
Por que você não quer mais fingir que é espiritual?
Por que você não quer mais levar as coisas tão a sério?
Por que você não quer mais ser um esquizofrênico?
Por que você não quer mais encaixotar o Reino de Deus?
Por que você não quer mais negar a totalidade da vida?
Por que você não quer mais ter um partido e pregar união?
Por que você não quer mais fingir que seu amigo pagão não é mais gente que seu irmão?
Por que você não quer mais se sentir um constante devedor?
Por que você não quer mais ser chamado de irmão e sim amigo?
Por que você não quer mais ter trilha sonora para suas emoções?
Por que você não quer mais se envergonhar com bizarrices?
Por que você não quer mais marchar com botas de pantufas?
Por que você não quer mais lutar em tantas batalhas sem saber que guerra está?
Por que você não quer mais pregar a cruz e apelar para as leis?
Por que você não quer mais quebrar paradigma e quebrar sua cara?
Por que você não quer mais procurar um Deus em lugar-comum?
Por que você não quer mais viver com propósito sem propósito algum?
Por que você não quer mais viver nos desertos do Antigo Testamento?
Por que você não quer mais falar de uma Graça sem tê-la aprendido?
Por que você não quer mais chamar de querido alguém que você nunca viu?
Por que você não quer mais dizer que dinheiro não é importante?
Por que você não quer mais dizer que sexo é perigoso?
Por que você não quer mais ter uma resposta doce e uma atitude amarga?
Por que você não quer mais dizer que Jesus ama contudo você não pode ajudar?
Por que você não quer mais justificar os fins com os meios de trazer alguém pro meio?
Por que você não quer mais explicar ao seu filho o que você mesmo não compreende?
Por que você não quer mais ser uma bonequinha louva-Deus da Estrela?
Por que você não quer mais buscar a igreja em primeiro lugar como se ela fosse o Próprio Reino de Deus?
Por que você não quer mais perder horas e horas da sua vida com questões que de fato não são tão importantes pra sua vida?
Por que você não quer mais ser um homem-Bíblia e explodir a qualquer momento deixando inúmeras vítimas?
Por que você não quer mais confundir “a Graça da unção vem da voz de Deus” com “a voz de Deus vem da caixa de som”?
Por que você não quer mais perder um amigo porque ele foi ouvir alguém que fala melhor e deixa claro com isso que uma edificação pessoal vale mais que uma amizade?
Por que você não quer mais ver jovens falando como velhos e velhos falando como jovens, tentando se libertar do passado?
Por que você não quer mais fingir que não está com raiva?
Por que você não quer mais saber da competição de quem é que ganha mais almas?
Por que você não quer mais deixar de admitir que um palavrão às vezes valha mais que um jargão?
Por que você não quer mais brincar de durão e molão?
Por que você não quer mais brincar de esconde-esconde a sinceridade?
Por que você não quer mais brincar de estatua?
Por que você não quer mais brincar pega-pega pecados?
Por que você não quer mais brincar de médico de alma?
Por que você não quer mais brincar com a alma do outro?
Por que você não quer mais brincar de beijo, abraço e aperto de mãos?
Por que você não quer mais brincar?
Por que você não quer mais ir à igreja?
Por que?

sábado, 1 de agosto de 2009

Papo de Esperma

X – Espera!
Y – Preciso ir!
X – Vai então!
Y – Sou “valentão” sim e daí?
X – Putz! Além de precoce, é surdo! Eu disse vai então!
Y - Não tenho medo de ser o primeiro...
X – O primeiro a ser gozado lá fora...
Y - Não sei por que você fica tão nervosa...
X – Nervosa, eu?!
Y – Você tá cansada de saber que quando ele me chama devo ir.
X – E quando você chega lá, leva a maior comida porque chegou.
Y - Isso é... Não entendo essa incoerência... Ai... Está me sugando!
X – Se você for, cara, vai todo mundo!
Y – Mas tem outra coisa...
X – O que?
Y – Minha mãe não dorme enquanto eu não chegar.
X – Calma! Tá cedo!
Y – É sério. Preciso ir.
X – Eu seguro teu rabo!
Y – Não adianta!
X – Não me conformo cromossomos diferentes!
Y – É óbvio! Você é X, eu sou Y.
X – Vocês não conseguem enxergar nada além disso não é?
Y – Ughhrrrsss... Não estou me segurando... Desculpe...
X – “Preciso ir, preciso ir”... Vocês deveriam se chamar esPERNAS!
Y – Porra! Você não entende?!
X – Não me chame assim!
Y – Descul...
X – Pare de pedir desculpas!
Y – É que a maioria ejaculadora não tem nenhuma chance...
X – Deixa de ser espessimista!
Y – Adeus...
X – Espera!
Y – O que?
X – Stssss
Y – Filha da mãe! Passou na minha frente!